Salve, Maruim! | Por Lohan Muller

Salve, Maruim!

De todas as cores, de todas as raças, de todas as místicas, de todos os amores. Do encontro das águas, a cidade nasceu. Escuto a voz dos irmãos que vieram D’ África e povoaram à Mombaça.

Escuto a voz dos portugueses e dos outros estrangeiros contribuindo para a glória da Cidade da Luz. Me entusiasmo com essas almas, que trouxeram a poesia, a literatura e a cultura para nessa amálgama de raças, o amor desempenhar seu papel fundamental.

Maruim da cana-de-açúcar, do algodão, dos peixes, mariscos e dos seres encantados do teu Ganhamoroba, uma verdadeira Força da Natureza!

A força de um povo acolhedor, hospitaleiro, que acorda todos os dias com fome de viver. De andar, de correr, de lutar, de observar, de contemplar a vida, seu rio, sua cidade e sua luz.

Deus te abençoe Maruim da HUMANIDADE! Parabéns pelos seus 167 anos de amor que é encontrado em cada esquina, em cada um de nós.


Lohan Muller é jornalista — DRT 2391/SE, escritor e pesquisador em história. É Repórter, Apresentador e Assessor de Comunicação e Imprensa. Autor das crônicas: Ser Maruinense, (2015); Viva o povo maruinense, (2016); Maruim é universal, (2017); Maruim, onde está a sua luz? (2018) e Um dia qualquer em Maruim, (2019).


É imortal da Academia Maruinense de Letras e Artes, (AMLA) e ocupa a cadeira de Nº 16, cujo o patrono é o jornalista maruinense, Jurandir Santos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s