Presentes de Aniversário | Por Lúcia Marques

Presentes de Aniversário

Maria Lúcia Marques1

            Na semana de aniversário de Maruim, do ano de 2020, durante a elaboração do Inventário Cultural de Maruim, muito me inquietava a ausência de dados biográficos do ilustre maruinense Heleno de Barros Santiago (1898-1970), nome que ilustra o Hino do Município, que antes se conhecia figurando apenas na letra da canção que muito honra os maruinenses. Assim, por meio diversos contatos que fiz com amigos no Rio de Janeiro e membros da família Santiago, foi possível conversar com a esposa (viúva) desse cidadão, a professora de música Adelina Santiago, em 5 de maio do mencionado ano.

            Foi realmente um presente de aniversário para a cidade em data tão importante. Diante da grande expectativa na realização desse desiderato, esse “achado” redundou na aquisição de valiosas fontes documentais e iconográficas para aqueles que se debruçam a estudar essa encantadora cidade, pois um filho da terra teve sua identidade revelada. – Prontamente essa pessoa, muito solícita, enviou-me cópias de suas publicações e de seus 5 diplomas de doutorado em Direito; um caso inédito no Brasil.

Acervo de Maria Lúcia Marques.

            Um ano depois (2021), justamente na semana das comemorações do aniversário de Maruim, graças ao incansável pesquisador e secretário da Academia Maruinense de Letras e Artes (AMLA), Hefraim Andrade, que vive revirando as entranhas e a alma de Maruim, outro valioso presente veio às mãos do povo dessa cidade, ao comemorar 167 anos de independência política. Dado a dialogar diariamente com fatos históricos e fontes de pesquisa remanescentes dos faustos anos da Maruim do século XIX, ele resolveu estudar com mais atenção o local onde desembarcaram Suas Majestades Imperiais Dom Pedro II e a Imperatriz Teresa Cristina, no Porto Velho à margem do Rio Ganhamoroba.

            Conforme minhas pesquisas, a Planta de João Bloem, datada de 1846, revela que esse local guarda preciosos registros históricos que atestam o apogeu econômico da região Cotinguiba. Ancoradouros de saveiros, sumacas e outras embarcações… Ali era o ponto de desembarque de mercadorias e escoamento do açúcar para os estados do Brasil e para a Europa. Por isso, planejou-se instalar a Alfândega de Sergipe nas proximidades dos trapiches que ficavam próximos ao citado rio.

            Por Iniciativa de Hefraim, foi enviado um ofício subscrito por ele, por Joelma Ferreira Martins, diretora do Gabinete de Leitura de Maruim, e pela historiadora Jhenifer Ferreira Araujo, solicitando à Secretaria de Obras local, a retirada de sedimentos de mangue e entulhos de lixo ao fundo do Parque Otto Schramm. Atendida sua solicitação e feita a limpeza, Hefraim retornou com suas investigações e procurou retirar cuidadosamente o que restava dos sedimentos que cobriam um bloco de calcário do cais. E, para a sua surpresa e surpresa de seus colaboradores, ele constatou espaços circulares em fileiras distantes 11 cm uns dos outros (conferir foto abaixo) na pedra. Esse achado deu-se em 2 de maio de 2021, decerto veio legitimar fatos históricos, a exemplo do antigo nome (Praça da Bandeira) do Porto Velho, pois, segundo fontes documentais, quando o Imperador visitou Maruim, foram hasteadas bandeiras das nacionalidades ali representadas pelos vários consulados e vice-consulados existentes. Há indícios de que os 7 espaços circulares remetem ao local onde foram postos mastros dos pavilhões para bem recepcionar os ilustres visitantes, em 1860.

PORTANTO, CABE ÀS AUTORIDADES COMPETENTES LOCAIS, PROVIDENCIAR, COM URGÊNCIA, A RESTAURAÇÃO DESSE PONTO HISTÓRICO QUE NÃO PODE SER MAIS RELEGADO AO ESQUECIMENTO.

            A Academia Maruinense de Letras e Artes, e todos seus membros efetivos, beneméritos e honorários, parabenizam ao nosso confrade Hefraim Andrade, e em especial a nossa querida Maruim, que é um capítulo vivo na História de Sergipe.

1Maria Lúcia Marques Cruz e Silva é professora, escritora,

pesquisadora da Universidade Tiradentes (UNIT) e presidente

da Academia Maruinense de Letras e Artes. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s