Fiocruz identifica variante brasileira do coronavírus em 19 amostras de Sergipe

A Fiocruz identificou a variante P-1 do coronavírus, que ficou conhecida como a variante brasileira, em 19 amostras no estado de Sergipe. A informação foi divulgada, nesta terça-feira (30), pelo diretor de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Marco Aurélio Góes.

De acordo com o diretor, o estado já tinha cinco amostras anteriores, que estavam relacionadas ao vínculo de pessoas que vieram do Amazonas. “Já essas 19 agora estão espalhadas pelo território, muitas sem vínculo nenhum com paciente, comprovando que já existe uma transmissão comunitária, como já era esperado, pois isso têm acontecido nesta segunda onda, na maioria dos estados brasileiros”, disse Marco Aurélio.

Já foram identificados, em pelo menos cinco municípios sergipanos, amostras positivas para a nova variante, mas eles não foram divulgados. Marco Aurélio explica que muitos foram casos leves, com síndrome respiratória e gripal comum, mas que o predomínio nas amostras está sendo a P-1, com alto poder de transmissão. “Transmitindo mais, vai ter mais casos graves, vai ter mais ocupação de leito hospitalar e infelizmente vai ter mais óbito”, alertou o diretor, acrescentando que medidas protetivas devem ser intensificadas para tentar diminuir a transmissão, como distanciamentos sociais, individuais e coletivos.

Primeiro registro

O primeiro caso foi identificado no estado de Sergipe no mês de fevereiro, após análise da Fiocruz, o registro de um paciente hospitalizado com Covid-19, em Aracaju, infectado com a variante brasileira P.1, inicialmente identificada em Manaus (AM).

De acordo com a SES, o paciente, era um mecânico de aeronaves, que trabalhava em Manaus e chegou à capital sergipana no dia 22 de janeiro com sintomas gripais e ficou, de imediato, em isolamento domiciliar. Os sintomas persistiram, ele procurou atendimento em um hospital particular, onde ficou internado. Na UTI, foi sedado e intubado. Evoluiu bem e no dia quatro de fevereiro recebeu alta. Todos os seus contactantes e familiares foram submetidos ao PCR, cujo resultado foi negativo para a Covid-19.Naquele momento tratava-se de um fato isolado.

*Com G1 SE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s