Sancionada lei que cria o Conselho e Fundo Municipal de Cultura em Maruim

Entrou em vigor  na última segunda-feira, (10), a Lei 590/2020, que vai regulamentar em Maruim, (SE), o Conselho e o Fundo Municipal de Cultura, que tem como finalidade orientar, promover, discutir, aprovar e fomentar atividades culturais. Além de captar e aplicar recursos destinados a projetos e ações culturais em regime de colaboração e cofinanciamento com o Governo Estadual, Federal ou entidades particulares na cidade.

A matéria tramitou e foi votada na Casas das Leis que segue com sessões remotas desde março, devido à pandemia do novo coronavírus e, na segunda, foi sancionada pelo prefeito Jeferson Santana, (MDB).

O órgão é deliberativo e foi formado por representantes do poder público e da sociedade civil. Ao todo, são 10 conselheiros, sendo cinco que representam a sociedade civil em diversos segmentos artísticos e culturais e cinco que representam o poder público.

O mandato dos membros do Conselho será de 2 anos.

O Conselho tem como atribuição propor, deliberar e acompanhar a execução das políticas públicas de cultura que deverão está consolidadas no Plano Plurianual de Políticas Culturais para o município.

Da Redação | Maruim em Pauta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s