Maruinenses desrespeitam medidas de isolamento e se aglomeram no Parque Otto Schramm

Dezenas de pessoas descumpriram as medidas de isolamento social no último domingo, (26), e se aglomeraram no Parque Otto Schramm, em Maruim, (SE). A cena parecia de um feriado prolongado e com muitos moradores sem o uso da máscara.

De acordo com moradores da região, a cena virou rotina.

“Praticamente todos os dias estão sendo assim. A vizinhança não aguenta mais tanto barulho! Na localidade, existem idosos doentes. Inclusive, que testaram positivo para Covid-19, que estavam internados e chegaram do hospital há poucos dias”,

contou uma moradora ao maruim em pauta.

Este flagrante se une às diversas denúncias que o Maruim em Pauta vem recebendo. E, é o retrato cruel de desrespeito da cidade que ultrapassou a marca dos 230 casos confirmados para o novo coronavírus e já registrou 15 mortes, número superior aos das cidades de Santo Amaro da Brotas e Rosário do Catete. Ambas, registraram 06 e 05 mortes, respectivamente.

Decretos determinam distanciamento social

Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e da prefeitura, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas.

O uso de máscaras em locais públicos tornou-se obrigatório em todo o estado. 

O Comitê Gestor de Emergência de Maruim, manteve as mesmas ações de combate à doença, inclusive a mais rígida, até agora, o toque de recolher das 22h às 04h. A cidade está em transmissão comunitária do novo vírus, de acordo com mapa divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde, a (SES).

No início do mês, Maruim apareceu entre as 20 cidades no Estado com maior número de infectados pelo coronavírus e, entre as cinco, com a maior taxa de mortalidade pela doença.

Prevenção, contágio e sintomas

Lavar as mãos de forma correta, uso de álcool em gel, sempre usar máscaras, evitar contato pessoal e aglomerações de pessoas são algumas das orientações para evitar o contágio da doença.

É importante também ficar atento quanto aos principais sintomas (tosse seca, congestão nasal, dores no corpo, diarreia, inflamação na garganta e, nos casos mais graves, febre acima de 37° C e dificuldade para respirar).

Da Redação | Maruim em Pauta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s