Covid-19: Petrobras anuncia suspensão de produção em campos terrestres

A Petrobras informou ter interrompido temporariamente a produção de 14 campos terrestres. Em nota, a estatal explica que a suspensão foi provocada pela queda dos preços do petróleo e objetivando oferecer a segurança aos seus empregados em função da covid-19. Segundo o Sindipetro, o de Carmópolis, que é o maior de Sergipe, não foi alcançado pela medida. Juntos, os ativos com as atividades interrompidas correspondem a cerca de 0,01% da produção total da companhia, que opera 168 campos terrestres, que produzem 114 mil barris de óleo por dia.

Na nota, a Petrobras desmente a informação de que voltou atrás e suspendeu a hibernação dos campos terrestres. “Não há como voltar atrás numa decisão que não foi tomada originalmente. A decisão de hibernação, anunciada ao mercado em 26/3, abrange somente 62 plataformas de campos em águas rasas, nas bacias de Sergipe, Campos, Potiguar e Ceará. Essas plataformas não apresentam condições econômicas para operar com preços baixos de petróleo.

Segundo a petrolífera, há uma diferença entre hibernação de um ativo e interrupção temporária de produção. A primeira situação não prevê retorno da produção no curto prazo e, para isso, requer uma série de procedimentos de condicionamento dos equipamentos para que a unidade fique parada com segurança por um longo período de tempo. “Já os procedimentos para interrupção temporária deixam a unidade preparada para um retomo mais imediato da produção, se houver viabilidade para tal”, explica.

Avaliando os ativos

A Petrobras informou, ainda, que segue avaliando permanentemente os resultados econômicos de seus ativos, que têm que se demonstrar rentáveis diante novo cenário de preços baixos de petróleo. “São esses resultados econômicos que determinam a decisão de interromper a produção dos campos, podendo, portanto, haver interrupções adicionais, caso se mostrem necessárias. As medidas de proteção do caixa da companhia adotadas até o momento buscam preservar a sustentabilidade da empresa nesta que é a pior crise da indústria do petróleo em cem anos”, concluiu.

*Com Destaque Noticias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s