“Deixou-nos a nós e a este mundo para ascender ao cosmos e dele ser uma estrela”, diz o escritor Hefraim Andrade sobre João Barreto

O escritor, poeta e artista maruinense, Hefraim Andrade afirmou neste sábado, (9), que o maruinense João Gomes Cardoso Barreto, “deixou-nos a nós e a este mundo, todavia não para converter-se nalgo inferior; mas para ascender ao cosmos e dele ser uma estrela!”.

Foto | Arquivo Pessoal

O maruinense João Barreto morreu neste sábado aos 90 anos. Ele teve complicações pulmonares após um tempo de tratamento médico e internação em um hospital na capital sergipana.

O velório e sepultamento acorreram no final da tarde no Cemitério Santa Izabel, bairro Santo Antônio, na Zona Norte de Aracaju, fechado apenas para familiares, devido à pandemia da Covid-19.

Na Academia Maruinense de Letras e Artes, (AMLA), João Barreto era membro benemérito. Ele ocupava uma cadeira, cujo patrono, era o também maruinense, Josias Vieira Dantas.

“Hoje é um dia triste. Faleceu um confrade, um conterrâneo ilustre, um senhor mui querido e gentil. Requiescat In Pace, João Barreto”, lamentou Hefraim Andrade.

Por Lohan Muller | Jornalista DRT 2391/SE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s