Morre aos 90 anos, o maruinense João Gomes Cardoso Barreto

Morreu neste sábado, aos 90 anos, o maruinense, João Gomes Cardoso Barreto, que foi ex-secretário e ocupante de vários cargos públicos em diversos governos. O sepultamento acontecerá no período da tarde no Cemitério Santa Izabel, fechado apenas para familiares, devido à pandemia da Covid-19. A causa morte ainda é desconhecida.

O maruinense, João Gomes Cardoso Barreto | Foto: César Cabral

João Barreto nasceu em Maruim, em 8 de abril de 1930. Filho de Bráulio Menezes Barreto e Cecília Cardoso Barreto. Ele deixa esposa, a professora Olga Barreto.

Em sua trajetória na vida pública ocupou cargos relevantes em diversos governos: Eronildes Ferreira de Carvalho (interventor), Augusto Maynard Gomes (interventor), José Rollemberg Leite, Arnaldo Garcez, Leandro Maciel, Luiz Garcia, Seixas Dória (deposto pela Revolução de 1964), Celso de Carvalho, Lourival Baptista, Paulo Barreto de Menezes, José Rollemberg Leite, Augusto Franco, João Alves Filho, Antônio Carlos Valadares e os demais sucessivos.

No Governo de Sergipe, foi Chefe de Gabinete do vice-Governador Djenal Queiroz, Secretário Particular do governador João Alves Filho, Secretário-Chefe do Gabinete Civil, Secretário de Governo e Secretário da Educação. Em Brasília, foi secretário particular do ministro do Interior, João Alves Filho. No segundo governo de João Alves, foi, novamente, Secretário da Educação. No terceiro Governo de João Alves Filho (2003-2006) foi membro de alguns Conselhos de Administração de instituições como Banese, Ipes, Parreiras Horta e Detran.

Em Maruim, João Barreto fazia parte do quadro de membros beneméritos da Academia Maruinense de Letras e Artes, (AMLA) e ocupava a cadeira, cujo o patrono, era o também maruinense, Josias Vieira Dantas.

Condecorações

  • Em 1937, João foi Guarda de Honra na chegada dos restos mortais do Barão de Maruim. O ato foi parte das comemorações pelo primeiro centenário da Paróquia Senhor dos Passos.
  • Recebeu a Medalha Serigy na Ordem de Comendador, da Prefeitura de Aracaju, outorgada pelo Prefeito José Carlos Teixeira. Foi condecorado com a Medalha do Mérito Aperipê, no Grau de Comendador, do governador João Alves Filho.
  • João Gomes Cardoso Barreto foi condecorado com a Medalha da Ordem de Rio Branco, no grau de Comendador pelo Decreto do Presidente José Sarney, em 14 de abril de 1989.

Por Lohan Muller, | Jornalista, DRT 2391/SE com informações da 93FM e Radar Sergipe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s