Uso de máscara passa a ser obrigatório em SE; veja cuidados necessários

A partir desta terça-feira (28), passa a ser obrigatório o uso de máscaras para circulação em locais abertos do estado de Sergipe. A medida consta no decreto nº 40.588, editado pelo governador Belivaldo Chagas, visando conter a disseminação do novo coronavírus. Essa diretriz é apontada para quem estiver em ambientes públicos, no transporte público e em comércios.

A orientação é que as máscaras de pano sejam utilizadas apenas por pessoas sem sintomas. Já trabalhadores da saúde e pacientes com sintomas devem buscar máscaras de proteção com material adequado. Os estabelecimentos deverão fornecer as máscaras de proteção respiratória para os respectivos colaboradores, sob pena de interdição. 

Os condutores de veículos e os passageiros, enquanto estiverem em deslocamento no trânsito, também deverão utilizar o item de proteção, sob pena de proibição ao acesso ao transporte público ou privado. A medida não é aplicável quando o veículo estiver ocupado apenas pelo condutor.

Para quem não pode cumprir à risca o isolamento social e precisa sair de casa, o uso das máscaras, junto com o uso do álcool em gel e a higienização das mãos, é apontado por órgãos de saúde como a medida mais eficaz para evitar a disseminação do novo coronavírus.

As máscaras devem ser produzidas em tecidos como os de saco de aspirador; cotton (composto de poliéster 55% e algodão 45%); algodão (como camisetas 100% algodão) e fronhas de tecido antimicrobiano. Elas devem cobrir totalmente a boca e o nariz e estar bem ajustadas ao rosto, sem espaços nas laterais.

Mas não basta ter a máscara, os cuidados com o uso e higienização são fundamentais. Em primeiro lugar, elas são de uso pessoal, não devem ser compartilhadas mesmo para pessoas da mesma família. Devem ser trocadas a cada duas horas ou quando sujas e, depois de ajustadas, não devem mais ser tocadas para evitar infecções. Antes de tirá-las, lave as mãos com água e sabão.

Nesse processo, a higienização é fundamental e, para isso, é importante seguir as orientações do Ministério da Saúde:

-Faça a imersão da máscara em recipiente com água potável e água sanitária (2,0 a 2,5%) por 30 minutos. A diluição é de 1 parte de água sanitária para 50 partes de água (10 ml de água sanitária para 500ml de água potável);
-Após o tempo de imersão, realizar o enxágue em água corrente e lavar com água e sabão; Após lavar a máscara, a pessoa deve higienizar as mãos com água e sabão; 
-A máscara deve estar seca para sua reutilização; 
-Após secagem da máscara passe com ferro quente e acondicione em saco plástico;
-Troque a máscara sempre que apresentar sujidades ou umidade; Descarte a máscara sempre que apresentar sinais de deterioração ou funcionalidade comprometida.

*Com F5 News
 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s