Operação contra jogos de azar: todas as cidade de SE estão na mira da polícia

Agentes da Polícia Civil de Sergipe, deflagram nesta quinta-feira (06), uma operação de combate a jogos de azar em Aracaju, (SE). Ao todo, 20 pessoas foram detidas e encaminhadas para a Central de Flagrantes, onde prestaram esclarecimentos.

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE),  A ação teve o intuito de coibir tais práticas na cidade, além de conscientizar que as casas de apostas constituem uma ação ilegal.

A delegada e coordenadora da operação, Viviane Pessoa, destaca os motivos que levaram a Polícia Civil a investigar os casos:

“Nós fizemos uma ação na capital por conta de termos observado o crescimento nessa prática ilícita, uma contravenção penal, que é o jogo de azar. O jogo de azar envolve esportenet, jogo do bicho [..] Qual a maior mazela desse tipo de delito? É observar que pessoas começam a empregar os seus salários, o dinheiro de sustento da família nesses jogos, acreditando que vão ter um ganho, mas não vão ter ganho algum. É uma ação para que a gente coíba esse tipo de prática, porque afeta o cidadão sergipano”, afirma. 

A ação aconteceu primeiramente em Aracaju e averiguou 26 pontos na cidade, porém o planejamento da operação envolve todo o estado. A partir de agora será observado o comportamento dessas pessoas. 

“Toda ação da Polícia Civil é uma ação onde a gente tem um planejamento que envolve todo o estado de Sergipe. É um primeiro passo, serve de alerta para quem faz jogo de azar. Fica um recado para as famílias, com o cuidado que deve ter porque acaba puxando outras coisas, acaba envolvendo outras coisas. E a maior preocupação que a gente tem é com as famílias”, ressalta a delegada. 

Os suspeitos de envolvimento com a prática ilícita foram conduzidos à Central de Flagrantes, assinaram o termo circunstanciado do delito e foram liberados. A pena pelo crime é de três meses a um ano de prisão.

“A gente espera que com essa prática abra um alerta para quem está se utilizando de jogos de azar. Pessoas que nem sabem que essa prática é ilícita, onde o cidadão só faz perder”, afirmou a delegada Viviane Pessoa.

Do Maruim em Pauta, com informações da SSP/SE, G1 e F5 News  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s