Fugir nem sempre é ato de covardia | Por Joelma Martins

FUGIR NEM SEMPRE É ATO DE COVARDIA

Às vezes nos deparamos com situações extremamente complicadas, onde a primeira atitude nossa é a fuga. Quando ela nos afasta de nós mesmos e tudo parece difícil ou impossível de ser solucionado aí sim, esta fuga é covardia. Porém quando esta situação nos encoraja a atitudes de sabedoria, semelhante a que José, pai adotivo de Jesus teve, ao fugir com Maria e o menino para que Herodes não o matasse, ai a fuga é algo divino e sábio.

Se conseguimos enxergar a luz no final do túnel, e o caminho no qual devemos percorrer é  deveras bastante escuro e cheio de pedras. Fugir não é covardia sim prudência. Mas…

Quando temos em nossas mãos a possibilidade de discernir para o melhor e preferimos nos ocultar. É covardia.

Quando temos que dar uma desculpa, para omitir nosso verdadeiro comportamento, isso também é covardia.

Quando temos que apagar o outro para nos mantermos acesos. Isso é covardia.

Quando nos recuamos ou omitimos algo, para satisfazermos aos nossos desejos. Isso é covardia.

Quando a fuga nos faz refletir no que diz respeito aos nossos atos em favor do outro, não é tóxica, sim benéfica pois ela recompõe nossas energias e nos apresenta resistentes as   adversidades. Precisamos fugir sim! Dos…

Pensamentos negativos

Das pessoas pobres de espírito

Dos sentimos de: perda, inveja, egoísmo, mentira e covardia.

Qual foi a sua fuga neste ano? Espero que tenha sido de tudo que lhe afasta do amor, do companheirismo e da caridade.

Feliz Ano Novo a todos! Leia e reflita:

Que este ano de 2019, tenha servido como base para as adversidades vividas, as perdas vividas, as decepções vividas. Que ele tenha nos ensinados que,  nossos momentos de fuga interior também foram importantes e que eles tenham nos impulsionados a encarar um ano novo que se aproxima, sem a covardia de ontem, com a plena coragem que nos faz o dia de hoje ser bem melhor.

Um abraço,

Joelma Martins.

AO BLOG MARUIM EM PAUTA

QUE AO PÚBLICO BUSCA INFORMAR

TRAZENDO COM PRECISÃO

INFORMAÇÕES A LHE DAR

O PÚBLICO É O QUE LHE MOVE

A VERDADE. O BEM PROMOVE

ESTOU GARANTINDO LUGAR

O ANO QUE APROXIMA

NÃO É DE TODOS! IMPORTANTE

PARA OS QUE FAZEM A NOTÍCIA

A INFORMAÇÃO É SIGILANTE

O PÚBLICO É O QUE LHE MOVE

A VERADEDE, O BEM PROMOVE

A TORNA EMOCIANANTE

AS PALAVRAS SÃO COMO O VENTO

SE PERDEM SOLTA NO AR

SE DITAS COM A VERDADE

TEM DESTINO CERTO A CHEGAR

O PÚBLICO É O QUE LHE MOVE

A VERDADE, O BEM PROMOVE

NÃO LHE IMPEDIRÃO DE FALAR.

| Joelma Martins é Licenciada em Letras Português (UNIT) e Bacharel em Biblioteconomia e Documentação (UFS). Pós-Graduada em Didática do Ensino Superior e Gestão Educacional. Escritora, Cordelista, Poetisa, Bibliotecária do Gabinete de Leitura de Maruim e imortal na Acadêmica Maruinense de Letras e Artes, ocupa a cadeira Nº 8, cujo a patrona é Josilda de Mello Dantas. | 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s