Câmara de Maruim aprova aumento nos salários da presidente, vice e secretários da mesa diretiva

Os vereadores da Câmara Municipal de Maruim aprovaram, na última semana, antes de entrar em recesso parlamentar, o Projeto de Resolução Nº 1º/2019, que institui à destinação de verbas de representação a serem paga aos membros da Mesa Diretora da Casa das Leis. A presidente, Maria Angélica, (PSD), o vice, Ermerson Porto, (PSC), o 1º secretário Sergio Vieira, (PDT) e o 2º secretário, Jailson Costa, (PPS), tiveram seus salários reajustados entre 25% e 30%. A medida entrará em vigor a partir de janeiro de 2020.

Durante a discussão e votação do texto no plenário da Casa das Leis, apenas o vereador Sergio Vieira se posicionou contra o aumento nos subsídios da mesa qual também ele faz parte. Em um vídeo que circula nas redes sociais, o parlamentar justificou que mesmo os vereadores enfrentando dificuldades para honrar com as demandas diárias das comunidades, no entendimento dele, é preciso respeitar primeiro o cidadão maruinense. (Veja vídeo abaixo)

Para a presidente da Câmara de Vereadores de Maruim, Maria Angélica de Jesus, a medida é legal e está amparada no artigo 9º da resolução nº325 do TCE, que foi publicada em junho. “O TCE publicou essa resolução dando direito à mesa diretora de Câmara de ser remunerada assim como acontece na Assembleia, no Senado, na Câmara Federal e até no próprio TCE”, explicou em entrevista ao Portal Infonet.

Ainda segundo Maria Angélica, o aumento dos subsídios não causa impactos às despesas do Município. “Esse dinheiro não vai sair da Prefeitura, de pagamento de salários ou das despesas da saúde e educação. Eles estarão no orçamento da Câmara e a Prefeitura não vai pagar nada a mais por isso”.

O caso ganhou repercussão nas redes sociais e provocou indignação dos maruinenses. O vazamento de um áudio do vereador Edmar Conceição, (PV), da base da oposição, em que tecia críticas ao posicionamento do vereador Sergio Vieira, (PDT), foi parar no Jornal da Fan 2ª edição.

Na última quinta-feira, (12), durante a última sessão do ano, o clima foi de silêncio entre os vereadores. Nem no pequeno, nem no grande expediente os parlamentares quiseram participar. A sessão foi encerrada e os vereadores foram dispensados dos trabalhos legislativos, que só serão retomados no dia 4 de fevereiro de 2020.

Da Redação | Maruim em Pauta .com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s