Professores da Mata de São José paralisam atividades após atrasos de salários; dezenas de alunos estão sem aula

Os professores da Escola Municipal de Ensino Fundamental Aristides Bittencourt, no Povoado Mata de São José, em Maruim, (SE), paralisaram as atividades desde a última segunda-feira, (1º), após cobranças de atrasos salariais. Dezenas de alunos estão sem aulas pelo 2º dia consecutivo.

criança-escrevendo.jpg
Foto: Ilustrativa/JC Imagem

 

Em denúncia ao Maruim News, uma mãe relatou que desde a semana passada, após uma reunião entre pais e professores, já se dava como certa a paralisação a partir desta semana. De acordo com ela, desde a segunda-feira não tem aula na escola do povoado, exceto para os alunos do 4º e 5º ano.

“No dia 27 de junho, na reunião acontecida, os professores comunicaram que a partir de ontem, segunda-feira, 01 de julho, eles não iriam mais lecionar por estarem há 03 meses sem receber salários. Outro problema exposto pelos professores na reunião, foi que o contrato dos mesmos, foi encerrado no dia 30 de junho”, disse ao Maruim News

Ainda de acordo com ela, apesar dos professores terem avisado aos pais e alunos que não teria aula, a diretora informou que teria sim, embora não mais com os mesmos professores, pois a Secretaria da Educação de Maruim já estava a par do problema e que iria resolver.

“Na terça-feira, dia 25 junho, a diretora levou esses problemas ao Secretário de Educação [José Souza], só que não houve, pelo menos visível, nenhuma solução. Ontem e nem hoje, teve aula para os alunos da Mata que estudam aqui no colégio, conforme anunciado pela diretora, por não ter professores substitutos”, reclamou. 

Ao Maruim News, a mãe do aluno da escola da Mata de São José, afirmou que não desejava que os professores fossem substituídos e, sim que fossem pagos para que pudessem voltar a ensinar os alunos do povoado com mais vontade e dedicação.

“Esperamos que tudo seja resolvido. Que os professores recebam os salários dos meses de abril, maio e junho e que sejam resolvidas as questões contratuais junto ao município, para que os nossos filhos possam ter a educação necessária e que lhes é de direito”, disse. 

“Nós, mães, estamos ao lado dos professores. Quem trabalha, quer receber. Até que eles aguentaram muito! É pesado um profissional trabalhar 03 meses e não receber salário. Isso é um descaso com a Educação dos nossos filhos, com qual ânimo tem um professor que trabalha e não recebe?” lamentou. 

O Blog Maruim em Pauta entrou em contato com a Secretaria Municipal de Educação de Maruim, para que algum representante da pasta comentasse sobre o caso, mas até a publicação desta reportagem não obtivemos respostas. 

Caso os citados queiram se manifestar, estamos à disposição através do email: maruimempauta@gmail.com ou das nossas redes sociais oficiais, FacebookTwitter Instagram


Da Redação | Blog Maruim em Pauta, com informações do Maruim News. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: